Vida Care - Sua solução definitiva em Medicina e Segurança do Trabalho - PCMSO, PPRA, CIPA, Brigada de Incêndio, Unidade Móvel de diagnósticos,....
Lembrar usuário e senha
Esqueceu sua senha? clique aqui



Buscar Limpar

Vida Care - Dicas de Sade

 link para a Biblioteca Virtual em Saúde do Ministério da SaúdeImagem Dicas em SaúdeClique aqui para imprimirClique aqui para fechar a página
 link para a Biblioteca Virtual em Saúde do Ministério da Saúde Elaborada em dezembro de 2009
Aumenta a letra do texto Diminui a letra do texto
Vasectomia

O que é?

É um procedimento cirúrgico que impede o homem de ter filhos. A cirurgia interrompe a circulação dos espermatozóides produzidos pelos testículos e conduzidos para os canais que desembocam na uretra, impedindo a gravidez.

Como é feita a vasectomia?

O médico aplica uma anestesia local e retira um fragmento de cada um dos dois canais que levam os espermatozóides dos testículos ao pênis. O procedimento leva de 15 a 20 minutos e não há necessidade de internação hospitalar, podendo ser realizada no próprio consultório médico.

Obs.: Depois da cirurgia é fundamental permanecer utilizando um método anticoncepcional por 60 dias aproximadamente, pois alguns espermatozóides podem continuar vivos dentro do canal.
 
Em poucos meses, porém, o sêmem (líquido que é ejaculado durante o ato sexual) não conterá mais espermatozóides, impossibilitando a gravidez.

Vantagens da vasectomia

- método seguro para evitar a gravidez;
- não é necessário utilizar pululas ou outros medicamentos;
- não é necessário interromper o ato sexual;
- cirurgia bem mais simples que a laqueadura de trompas feminina.

Vida sexual após a vasectomia

Muitos homens se recusam a fazer essa cirurgia porque imaginam que ela possa provocar distúrbios de ereção, no que estão completamente enganados. A vasectomia torna o homem estéril, mas não interfere na produção de hormônios masculinos nem em seu desempenho sexual.

O corte do canal impede apenas a chegada dos espermatozóides até a uretra. O líquido produzido na próstata e na vesícula seminal continua sendo eliminado normalmente durante a ejaculação. Assim, não há interferência na função erétil ou na potência sexual; os nervos e vasos sanguíneos responsáveis pela ereção do pênis não estão envolvidos na cirurgia de vasectomia.

Critérios para a realização da vasectomia

- ter no mínimo 25 anos de idade;
- ter no mínimo 2 filhos vivos;
- ter estabilidade conjugal (se estiver casado);
- haver comum acordo do casal;
- existir indicação psicológica e/ou social;
- em caso de pessoas absolutamente incapazes mediante laudo psicossocial e/ou médico, poderá ocorrer a esterilização com autorização judicial.

IMPORTANTE: Somente um médico pode diagnosticar doenças, indicar tratamentos e receitar remédios. As informações disponíveis em Dicas em Saúde possuem apenas caráter educativo.
Dica elaborada em dezembro de 2009


Imprimir


!!! IMPORTANTE !!!
 Somente um médico pode diagnosticar doenças, indicar tratamentos e receitar remédios. As  informações disponíveis em Dicas em Saúde possuem apenas caráter educativo.